0

CAMP é finalista na categoria “Associação do Ano” do Reed Awards

O Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Político (CAMP) foi escolhido como um dos três finalistas da categoria “Associação do Ano” do Reed Awards, premiação organizada pela principal revista deste segmento, a Campaigns & Elections. A cerimônia de entrega dos prêmios, uma das mais importantes da consultoria política mundial, ocorrerá de 20 a 21 de fevereiro, em Austin (Texas), nos Estados Unidos.

“Estamos muito felizes com essa honraria, o CAMP ainda não completou nem o 1º ano e já recebemos um reconhecimento internacional desta magnitude. Parabéns a todos os fundadores e associados! Este é só o começo, ainda temos muito o que realizar em prol da democracia brasileira!”, comemora o presidente do CAMP, Bruno Hoffmann.

O CAMP – Fundado em março de 2018 por 45 profissionais de Marketing Político – consultores, estrategistas, jornalistas, publicitários e pesquisadores de diversas áreas – provenientes de todas as regiões do Brasil, além de Argentina e Portugal, o CAMP reúne de forma voluntária os principais nomes do setor que já estiveram em gestões de mandatos e campanhas políticas para a grande maioria dos partidos brasileiros.

O CAMP é apartidário, busca diálogo com todas as esferas de poder para a promoção de uma Reforma Política mais conectada com a vontade popular e com a realidade do mercado. Entre suas principais atividades nestes primeiros meses, estiveram a assinatura do termo de cooperação com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no combate à disseminação de notícias falsas e do manifesto da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) pela aprovação da Lei de Proteção de Dados Pessoais. Em junho, lançou a web série chamada “Diálogos da Democracia”, em parceria com a Fabrika Filmes e, em dezembro, realizou o “1º Seminário: Estratégia, Comunicação e Democracia” em Brasília (DF).

Antes da indicação como finalista do Reed Awards, o CAMP já havia sido reconhecido por entidades internacionais como a Associação Latinoamericana de Consultores Políticos (ALACOP) e a Graduate School of Political Management (GSPM) da The George Washington University (GWU), que parabenizaram seus integrantes pelos avanços que estavam promovendo no debate por regras mais claras e justas durante o período eleitoral.

0

1º Seminário do CAMP é destaque em sites de todo país

O Clube Associativo de Marketing Político (CAMP) realizou o 1º Seminário do CAMP – Estratégia, Comunicação e Democracia, nos dias 12 e 13 de dezembro, no Kubistchek Plaza Hotel, em Brasília.

Durante o evento, que reuniu grandes nomes do cenário político, foram abordados temas como eleições 2018, fake news e a onda das campanhas negativas, campanha eleitoral para Presidência da República, reforma política-eleitoral, o posicionamento do rádio e da TV na política diante das novas mídias e renovação política.

Desde antes de seu acontecimento, o CAMP foi mencionado em sites de referência em jornalismo e marketing. Veja, abaixo, onde e quando fomos notícia no Brasil.

Terra
Propmark
Poder360
Metrópoles
Jornal de Brasília
Coletiva.net
PortalPress
Henrique Barbosa
Diário Indus
DCI
Notícias do Dia
O Dia – Ig

 

 

 

0

CAMP defende Lei De Proteção de Dados sancionada por Michel Temer

O presidente Michel Temer sancionou, ontem (14), o projeto de lei da Câmara 53/2018 que regulamenta o uso, proteção e transferência de dados pessoais no Brasil. No texto é exigido maior controle dos cidadãos sobre suas informações pessoais e consentimento explícito para coleta do uso de dados. O tempo para que a lei entre em vigor é de um ano e meio.

Desde a data que se transformou em um dos signatários do Manifesto, o CAMP concorda que a aprovação desta lei é um avanço para sociedade. Visto que é essencial para proporcionar segurança jurídica aos cidadãos e agentes econômicos.

0

Envio de nota de repúdio Folha S. Paulo

No dia 3 de Julho, o CAMP, enviou para a Ombudsman da Folha de S. Paulo e seus editores uma nota de repúdio em defesa dos profissionais de marketing político, após a publicação de um charge infeliz que tenta generalizar execrar em público toda uma classe que deve ser reconhecida pelo seu vital papel na manutenção e fortalecimento da democracia.

 

 

________

 

Prezada Sra. Ombudsman Paula Cesarino Costa,

Nota de repúdio à Charge intitulada “Marqueteiros”

O CAMP — Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Político — entidade nascida neste ano de 2018, composta por mais de 50 profissionais de comunicação política e que estão à frente das principais pré-campanhas do País, vem por meio desta, repudiar veementemente o conteúdo da charge (em anexo) publicada na página dois deste jornal neste sábado dia 30 de junho, onde se generaliza de maneira gratuita um comportamento sob o título — Marqueteiros — no plural, insinuando que toda uma classe de profissionais, reconhecidos como indispensáveis para a vida democrática em todo o mundo, mereça ser execrada em público. Note-se que na charge citada o que se vê é uma demonstração de preconceito da mais rasa, que se iguala a todos os tipos condenáveis de discriminação com as quais certamente este veículo não compactua.

Reforçamos a nossa representatividade e importância ao citar, por exemplo, o acordo do TSE com o CAMP de colaboração ativa com a corte para identificar e reportar notícias falsas no período eleitoral. Ato que rendeu cobertura televisionada (GloboNews) e entrevista do presidente (RecordNews).

Certos de que a partir desta manifestação a FSP estará mais atenta às generalizações relativas à nossa atividade, registre-se nossa posição como entidade.

Grato pela atenção,

Atenciosamente.

CAMP — Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Politico
http://campbrasil.com.br

Bruno Hoffmann
Presidente do CAMP
bruno@esplanada.agency
contato@campbrasil.com.br

page 1 of 3