0

CAMP defende Lei De Proteção de Dados sancionada por Michel Temer

O presidente Michel Temer sancionou, ontem (14), o projeto de lei da Câmara 53/2018 que regulamenta o uso, proteção e transferência de dados pessoais no Brasil. No texto é exigido maior controle dos cidadãos sobre suas informações pessoais e consentimento explícito para coleta do uso de dados. O tempo para que a lei entre em vigor é de um ano e meio.

Desde a data que se transformou em um dos signatários do Manifesto, o CAMP concorda que a aprovação desta lei é um avanço para sociedade. Visto que é essencial para proporcionar segurança jurídica aos cidadãos e agentes econômicos.

0

Envio de nota de repúdio Folha S. Paulo

No dia 3 de Julho, o CAMP, enviou para a Ombudsman da Folha de S. Paulo e seus editores uma nota de repúdio em defesa dos profissionais de marketing político, após a publicação de um charge infeliz que tenta generalizar execrar em público toda uma classe que deve ser reconhecida pelo seu vital papel na manutenção e fortalecimento da democracia.

 

 

________

 

Prezada Sra. Ombudsman Paula Cesarino Costa,

Nota de repúdio à Charge intitulada “Marqueteiros”

O CAMP — Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Político — entidade nascida neste ano de 2018, composta por mais de 50 profissionais de comunicação política e que estão à frente das principais pré-campanhas do País, vem por meio desta, repudiar veementemente o conteúdo da charge (em anexo) publicada na página dois deste jornal neste sábado dia 30 de junho, onde se generaliza de maneira gratuita um comportamento sob o título — Marqueteiros — no plural, insinuando que toda uma classe de profissionais, reconhecidos como indispensáveis para a vida democrática em todo o mundo, mereça ser execrada em público. Note-se que na charge citada o que se vê é uma demonstração de preconceito da mais rasa, que se iguala a todos os tipos condenáveis de discriminação com as quais certamente este veículo não compactua.

Reforçamos a nossa representatividade e importância ao citar, por exemplo, o acordo do TSE com o CAMP de colaboração ativa com a corte para identificar e reportar notícias falsas no período eleitoral. Ato que rendeu cobertura televisionada (GloboNews) e entrevista do presidente (RecordNews).

Certos de que a partir desta manifestação a FSP estará mais atenta às generalizações relativas à nossa atividade, registre-se nossa posição como entidade.

Grato pela atenção,

Atenciosamente.

CAMP — Clube Associativo dos Profissionais de Marketing Politico
http://campbrasil.com.br

Bruno Hoffmann
Presidente do CAMP
bruno@esplanada.agency
contato@campbrasil.com.br

0

CAMP assina Manifesto pela aprovação da Lei de Proteção de Dados Pessoais

Após o convite feito pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) na primeira reunião realizada entre as entidades, para que o CAMP seja um dos signatário do importante Manifesto pela aprovação da Lei de Proteção de Dados Pessoais, o presidente Bruno Hoffmann consultou os membros associados do CAMP e o interesse em apoiar tal iniciativa foi aprovado.

Dito isso, o CAMP confirmou sua participação e desde a presente data se transformou em um dos signatários do Manifesto junto com outras importantes instituições como ANER, ANJ, Grupo de Mídia, CENP, Fenapro, etc., além da própria Brasscom.

Saiba mais nesse link: https://brasscom.org.br/manifesto-pela-aprovacao-da-lei-de-protecao-de-dados-pessoais/ 

0

CAMP se reúne com Brasscom após acordo com TSE

Após acordo firmado entre o Clube Associativo dos Profissionais do Marketing Político (CAMP) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), procurou o CAMP para aproximação entre as entidades.

Durante a reunião, o presidente do CAMP, Bruno Hoffmann, o Diretor de Relações Institucionais da Brasscom, Sergio Sgobbi, e Izabella Ribeiro, Assistente de Relações Institucionais acordaram buscar pautas em comum, a primeira delas, o combate às notícias falsas durante as eleições deste ano.

Responsável por promover o setor de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) junto aos poderes públicos e outras entidades representativas, a Brasscom é a associação encarregada por propagar inovações e intensificar relações com propostas de políticas públicas para promover o crescimento do mercado e transformação digital no Brasil. Entre os principais associados estão a Microsoft, Uber, Embratel e Amazon.

 

 

page 1 of 3